Clínica de Medicina Endoscópica

Av. das Américas, 500 BL. 23 Sala 309
Shopping Downtown
Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ
Cep: 22640-100
Tels: (21) 3153-7990 3153-7719

Clique aqui e conheça a clinica >

Artigos ← Voltar para Artigos

» Falta de desejo sexual pode estar ligada a retirada do útero

Com a expectativa de vida aumentando, a mulher vive mais a fase da pós-menopausa. Fut 15 Coins FIFA 15 Coins MMOGA FIFA Coins FIFA Coins PS3 FIFA 15 Coins cheap FIFA Coins FIFA 15 Coins Fut 15 Coins FIFA 14 Coins FIFA 15 CoinsApós os 40 anos de vida, o organismo da mulher começa progressivamente a ser preparado para o período da menopausa. Os hormônios sofrem modificações progressivas para o processo da menopausa natural. As mulheres que sofrem histerectomia (retirada do útero) entram abruptamente na menopausa. Dados estatísticos da literatura médica internacional indicam que grande número de mulheres sofre histerectomia a cada ano, incluindo a ooforectomia bilateral (retirada cirúrgica dos dois ovários). Quando o útero e os ovários são retirados, ocorre de imediato o declínio dos níveis sanguíneos dos hormônios estrogênios e androgênios, que são acompanhados por uma série de sintomas intensos, incluindo fogachos, suores, distúrbios do sono, ressecamento vaginal, e perda do desejo sexual. Os níveis de testosterona no sangue são reduzidos pela metade nessas mulheres. Todos esses sintomas comprometem a saúde e qualidade de vida da mulher.

Muitos médicos informam as suas pacientes do aparecimento de sintomas acentuados da menopausa após a retirada do útero e dos ovários. Infelizmente, pouca atenção é dada à possibilidade de alterações do desejo sexual após essas cirurgias. Estudos demonstram que 30 a 50% das mulheres tiveram redução do desejo sexual após a histerectomia com retirada cirúrgica dos dois ovários. A redução do desejo sexual foi significativamente maior entre mulheres que sofreram a retirada do útero e dos ovários e em menor prevalência para as mulheres que se submeteram apenas a retirada do útero. Problemas sexuais podem ser desenvolvidos em mulheres devido a modificações fisiológicas e psicológicas induzidas pela cirurgia.

Portanto, é de grande importância informar as mulheres das possíveis alterações da função sexual antes e após a cirurgia e dar as recomendações apropriadas para manter a saúde e o desejo sexual.fake rolex, omega replica watches, tag heuer replica

Dr. José Alexandre Portinho
www.mulhersaude.com.br
faleconosco@mulhersaude.com.br
Tel.: (21) 3153-7990