Clínica de Medicina Endoscópica

Av. das Américas, 500 BL. 23 Sala 309
Shopping Downtown
Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ
Cep: 22640-100
Tels: (21) 3153-7990 3153-7719

Clique aqui e conheça a clinica >

A Clínica  

Na ultima década o desenvolvimento científico e tecnológico foram responsáveis por uma verdadeira revolução na medicina, ao tornarem possíveis novos e surpreendentes procedimentos cirúrgicos, que orientados por micro-câmera de vídeo, ficaram caracterizados pela mínima agressão ao corpo humano.

A nossa experiência em Videohisteroscopia e Videolaparoscopia foi adquirida nos últimos anos, a nível nacional e internacional com seriedade e confiabilidade inerentes as vantagens desses procedimentos minimamente invasivos, como cicatrizes reduzidas, recuperação mais rápida da paciente, retorno mais breve às atividades e diminuição dos riscos de infecção hospitalar. O fato da paciente permanecer por um período menor que 24 horas internada no hospital após os procedimentos cirúrgicos, proporciona um conforto muito grande a mulher.

VIDEOHISTEROSCOPIA DIAGNÓSTICA
A Videohisteroscopia Diagnóstica é realizada a nível ambulatorial, com instrumental completo, composto por óticas de vários diâmetros acoplado a aparelhagem específico de vídeo com micro-câmera, monitor, videocassete, fonte de luz, histeroflator e videoprinter. Com o menor desconforto possível para a paciente, a Videohisteroscopia é importante no diagnóstico de patologias da cavidade uterina e especialmente indicado nos sangramentos uterinos anormais, infertilidade, espessamentos endometriais e no acompanhamento da terapia de reposição hormonal. Através da Videohisteroscopia Diagnóstica é possível realizar biópsias dirigida ou orientada da cavidade endometrial para confirmação diagnóstica das lesões.

VIDEOHISTEROSCOPIA CIRÚRGICA
O desenvolvimento do ressectoscópio possibilitou a realização de procedimentos cirúrgicos dentro da cavidade uterina com acesso pelo canal do colo uterino.

O ressectoscópio possui uma alça diatérmica com corrente monopolar que possibilita a realização de vários procedimentos como: ressecção de miomas submucosos, remoção de pólipos, lise de sinéquias uterinas, remoção de septos uterinos, retirada de DIU, ablação endometrial e outros procedimentos.

A demanda para esse tipo de procedimento esta crescendo muito por preservar o útero da paciente e consequentemente evitar cirurgias radicais. Com isso o riscos de complicações é muito menor.

-->>Veja as perguntas mais frequentes sobre Videohisteroscopia